elaborar plano de negócio

Aprenda a elaborar um plano de negócio em 5 passos

Abrir um negócio ou dar continuidade ao próprio empreendimento é uma atividade que exige muito mais do que boa vontade e disposição. É preciso um bom plano de negócio para que o empreendedor possa garantir a sua permanência no mercado pelo maior tempo possível.

Mas não é fácil elaborar esse documento. É preciso estar atento a diversas variáveis, ter um amplo conhecimento do mercado e um enorme domínio sobre a sua base de clientes e as preferências deles.

Por isso mesmo, neste artigo, trouxemos 5 passos para que você possa elaborar um plano de negócio eficaz e bem realizado e, assim, garantir bons resultados para o seu empreendimento.

1. Sumário executivo do plano de negócio

A primeira etapa de um plano de negócio de sucesso é o sumário executivo, no qual você descreve a empresa, seus objetivos, seus diferenciais e sua missão. Também devem ser descritos o perfil dos empreendedores, o investimento inicial, a situação fiscal, as formas de captação de clientes e outras informações vitais do negócio.

O sumário executivo é um resumo das motivações por trás da criação do negócio. Ele é muito importante, pois é o primeiro contato do leitor com o plano de negócio apresentado. Caso esteja tentando captar investidores para o empreendimento, o sumário executivo tem um papel fundamental para a continuidade da leitura do plano.

2. Análise de mercado

Como saber o direcionamento do seu empreendimento sem conhecer o mercado em que atua? Esse ponto também é muito importante para o plano de negócio, pois ele é quem vai orientá-lo sobre aspectos como precificação do produto, posicionamento da empresa e relacionamento com os clientes.

Existem diversas maneiras de se realizar uma boa análise de mercado. Uma técnica muito eficaz é a Matriz SWOT, por meio da qual você identifica pontos fortes e fracos do seu negócio e cruza essas informações com oportunidades e ameaças do mercado.

3. Planejamento de Marketing

O plano de marketing é muito importante pois, por meio dele, você define o seu posicionamento de mercado, como seus produtos serão oferecidos e como você vai se relacionar com seus clientes. O plano de marketing também ajuda na fixação da marca e na criação de uma imagem corporativa forte.

4. Planejamento Operacional

O plano de negócio deve ter um capítulo destinado à forma como você pretende operacionalizar o seu negócio. Quais serão os processos de fabricação do produto ou de prestação do serviço? Quais áreas serão priorizadas? Qual será a tecnologia adotada para que o negócio funcione corretamente?

Essas são algumas das perguntas que precisam ser respondidas durante a fase do plano operacional.

5. Planejamento Financeiro

A empresa precisa estar com a saúde financeira em dia, e por isso essa parte do plano é muito importante. O planejamento financeiro precisa levar em consideração o investimento inicial e todas as receitas e despesas previstas para o funcionamento da organização. É uma maneira de garantir a perenidade do negócio, com responsabilidade fiscal e um bom controle de custos.

Embora seja mais comum que o plano de negócio seja feito antes da abertura do empreendimento, saiba que ele é uma importante ferramenta para a continuidade das empresas. Portanto, jamais deve ser abandonado.

Se quiser saber mais informações sobre o mundo dos negócios, siga nosso perfil nas redes sociais ― estamos no Facebook, LinkedIn e Twitter!

Esse artigo foi útil?
[Total: 0 Average: 0]

Posts Relacionados

Deixe seu comentário