como melhorar pré-venda da empresa

Como melhorar a pré-venda da sua empresa em 5 passos

A crise econômica e política que se instalou no país contribuiu para tornar o mercado ainda mais competitivo e muitos gestores estão revendo seus negócios. O que não podem esquecer é que existem medidas para tornar o negócio mais fortificado, além da redução de custos e, em vez de retrair, aumentar as receitas. Uma dessas estratégias é a potencialização da pré-venda.

Os primeiros estágios da negociação são fundamentais para o sucesso do seu fechamento. Então, preparamos um post para você aprender a melhorar a pré-venda da sua empresa em cinco passos. Confira!

1. Identifique os desejos e necessidades dos clientes

Antes de aplicar uma pré-venda eficiente, você precisa compreender o que o seu cliente busca. Ele precisa resolver algum problema, atender uma necessidade específica, aproveitar uma oportunidade ou realizar um desejo pessoal ou profissional? Com essas respostas você poderá se antecipar a eles e surpreendê-los de forma positiva.

Para essa estratégia dar certo, analise o histórico de compras do cliente, a fim de descobrir quais produtos e serviços ele compra, quando compra, quantidades, formas de pagamento, valores que paga, meios de entrega, etc.

Aproveite para contatar o cliente e pedir sugestões para coletar feedbacks valiosos e forme um documento com informações poderosas para dar início a uma pré-venda de maior sucesso.

2. Entregue ofertas irresistíveis aos clientes

Aproveite as informações do histórico de compras do cliente e envie uma mensagem via redes sociais, SMS, telefone ou outro meio de comunicação, entregando uma promoção relâmpago de um ou mais itens da sua lista de preferências.

Com ofertas preparadas exclusivamente para cada perfil, os clientes tendem a aproveitá-las mais, a pré-venda ganha força e o índice de fechamento das negociações aumenta consideravelmente.

3. Faça negociações mais adequadas

Além de oferecer os produtos certos e na quantidade exata que o cliente precisa, formule uma proposta de acordo com as reais necessidades dele, como condições de pagamentos, prazos e valores de entrega e garantias mais ajustadas para a sua realidade. Aqui, lembre-se de não prometer o que a empresa não pode entregar ou cumprir, para não causar frustrações no cliente.

Outra dica importante é que você não se comporte apenas como um vendedor frio e interessado na venda. O cliente espera que você seja um consultor em quem ele possa confiar. Aproveite essa oportunidade e, com as informações do histórico de compras em mãos, demonstre que sabe o que ele precisa.

Ofereça produtos que ele não mencionou mas possui o hábito de comprar. Ele perceberá que você o conhece bem e se importa.

4. Guarde uma carta na manga

Descontos maiores, melhores condições de pagamento, frete grátis, prazos de entrega mais curtos e outras facilidades adicionais podem ser guardadas como um trunfo em um primeiro contato. Faça uma proposta inicial sem essas facilidades ou com poucas e vá liberando mais aos poucos, conforme as negociações avançam.

Dessa forma, o cliente vai percebendo que tem o poder de negociação nas mãos e a compra vai ficando cada vez mais atrativa até que decide por fechar o negócio.

5. Use um sistema de gestão

Nada melhor do que você aproveitar a tecnologia para otimizar o trabalho e potencializar os resultados, certo? Então, troque as tradicionais planilhas eletrônicas por um software de gestão online. Além de aumentar a segurança dos dados, terá informações mais precisas, poderá realizar o monitoramento em tempo real e realizar o trabalho a partir de qualquer lugar e horário.

Não deixe que essas dicas de como melhorar a sua pré-venda fiquem apenas na teoria. Comece a colocá-las em prática hoje mesmo e desenvolva um diferencial competitivo forte para se destacar da concorrência.

Quer saber mais? Assine a nossa newsletter e não perca mais nenhuma dica!

Esse artigo foi útil?
[Total: 0 Average: 0]

Posts Relacionados

Deixe seu comentário